10.9.12

as tuas palavras preocupadas


"... Porque tu para ele andavas que nem um trapo, toda ranhosa. Porque para ele só precisas de estar bonita na cama. Porque aí sim, é o único sitio onde ele te elogia. Dói-me ver-te assim. Já não aguento mais. É ridículo ver-te a passar por isso e tu nao mexeres uma palha para as coisas mudarem. Tens que  ter atitude. Tens que ser mulher. És mais velha que ele. Olha a tua volta, não te apercebes que a tua vida está a passar e tu não estas a fazer metade das coisas que as miudas da tua idade fazem?"


14 commentaires:

Carla Cristina a dit…

nunca te abandonarei, prometo!

Jun a dit…

Ja estamos bem meu amor... Gostava muito de falar contigo! Ainda tens MUITO para me contar, sabes? Ainda mal falamos sobre ti e adorava saber o que se anda a passar contigo!

s. a dit…

gostei muito...

may rose a dit…

apenas desabafos pequena abbie :3

mai a dit…

Gostei :)

Jun a dit…

Estás onn? Já mandei!

may rose a dit…

nada disso, apenas desabafos interiores apenas sobre mim, sobre o que fui e o que sou :3

may rose a dit…

não gosto de chorar, vamos apenas ficar de mãos dadas

Catarina a dit…

fico feliz por saber que tens andado a tentar encontrar te! e obrigada pelo carinho, um sincero obrigada
olha estas palavras que julgo serem de uma amiga tua, conseguiram descrever a minha situação

Jun a dit…

Já te mandei o meu msn doce, nunca te vi por lá!

Jun a dit…

não o sei de cor coração, manda-me o teu e eu envio-te um toque

Victoria a dit…

"Olha a tua volta, não te apercebes que a tua vida está a passar e tu não estas a fazer metade das coisas que as miudas da tua idade fazem?" Identifico-me tanto mas tanto

Ana Rita a dit…

adoro adoro adoro!
sigo :)

Victoria a dit…

Eu estou constantemente a senti-lo, sinto-me muito mais madura psicologicamente do que a gente da minha idade. Não sei bem porquê, mas acho que tenho uma vontade louca de ser já adulta, de crescer rápido. Mas bem sei que quando isso acontecer, vou desejar ter aproveitado estes anos bem melhor, no entanto, não o consigo fazer